Do centro histórico da Ciudad Amurallada cheio de atrações às praias no paraíso colombiano: veja tudo que fizemos em Cartagena no nosso roteiro de 3 dias.

A CIDADE

Cartagena de Indias, ou simplesmente Cartagena, é a capital do departamento de Bolívar, e a quinta maior cidade da Colômbia, e foi fundada em 1 de junho de 1533, batizada em homenagem a Cartagena, na Espanha.

Foi um dos mais importantes portos comerciais durante o período colonial espanhol nas Américas. Era especialmente utilizado para escoar ouro e prata aos portos da Espanha de Cartagena, Cádiz e Sevilha para a Coroa Espanhola.

A Cartagena turística se divide, basicamente, em duas partes: Bocagrande, a parte moderna e mais perto da praia, e a Cidade Amuralhada, a parte antiga da cidade.

Cartagena

A cidade Amuralhada de Cartagena tem muitos de seus edifícios originais preservados dentro das suas muralhas com 11km, construídas para protegê-la de ataques piratas e concentra alguns dos principais pontos turísticos, como a Torre do Relógio, o Palácio da Inquisição, igrejas, praças e museus, que são facilmente percorridos a pé.

Cartagena é um destino daqueles fáceis de se apaixonar: suas ruas com casinhas coloridas, igrejas, castelos e conventos contam quase 500 anos história e beleza.

Cartagena

 

COMO CHEGAMOS

Chegamos em Cartagena às 10:50 em um vôo da Avianca que partiu de Medellín. Como o aeroporto fica a apenas 15 minutos da cidade, a maneira mais cômoda foi pegar um táxi até o hotel.

Os táxis em Cartagena, e na Colômbia, não têm taxímetro, por isso negocie o valor da viagem antes mesmo de entrar no veículo, que nos custou 12.000 COP.

O serviço de Uber também está disponível, mas por não ser legalizado, um dos passageiros terá de andar no banco da frente.

 

DIA 1 – Ciudad Amurallada

Muelle de los Pegasos

Começamos nosso passeio no Muelle de los Pegasos, um dos monumentos mais representativos e populares da cidade, localizado em frente à Baía das Animas, no porto de onde saem a maioria dos passeios da cidade.

Os pégasos foram instalados para representar o espírito livre e indomado da cidade. Eles não são as esculturas originais que foram instaladas em 1920, pois elas se deterioraram. Em 1992, o escultor Héctor Lombana doou para a cidade murada o par que guarda a entrada de Cartagena.

Torre del Reloj

Logo em frente aos pégasos, está a Torre do Relógio, um dos principais cartões postais de Cartagena. A torre amarela está localizada no principal portão de acesso da cidade murada. O relógio original era americano e foi instalado em 1874, mas foi substituído por um maquinário suíço em 1937, em funcionamento até hoje.

Museo de Arte Moderno

Fomos conhecer o Museu de Arte Moderna de Cartagena que está distribuído em dois prédios contíguos, um da segunda metade do Séc. XVII e o outro do final do Séc. XIX.

Museo de Arte Moderno - Cartagena

Como estava fechado para manutenção, apreciamos as diversas esculturas em ferro que representam as profissões e cenas do cotidiano que  estão expostas na praça em frente ao museu, na Plaza de San Pedro Claver . 

Iglesia y Monasterio de San Pedro Claver

Visitamos a Igreja de San Pedro Claver construída entre 1580 e 1654 em estilo barroco e o monastério onde o sacerdote viveu e morreu em 1654 vítima da peste.

O espaço, além de mausoléu com os restos do santo, ainda preserva os ambientes de época e tem um acervo de arte sacra e um lindo claustro. Do lado de fora da igreja, vimos a escultura de Enrique Grau que representa um escravo com o San Pedro, um Missionário espanhol da Companhia de Jesus que se ordenou sacerdote em Bogotá e se situou em Cartagena.

Penalizado com a situação deplorável dos escravos africanos, decidiu consagrar sua vida ao apostolado junto deles, chegando mesmo a se obrigar por voto a ser “aethiopum semper servus” (sempre escravo dos negros). Cumpriu heroicamente esse voto por mais de quarenta anos, tendo cuidado de mais de 300 mil escravos física e espiritualmente.

Restaurante Candé

Fizemos uma pausa para o almoço no Candé, um restaurante com comida 100% cartagenera, localizado em um prédio histórico todo decorado com elementos culturais e um serviço impecável. Nossa escolha foi o “Langostinos de la Negra Candé”: lagonstins salteados com vegetais ao molho de coco, sobre uma cama de arroz negro de coco.

Plaza de Bolívar

Retomamos o passeio na Plaza de Bolívar, um pequeno oásis arborizado no meio da cidade com bancos e barraquinhas de comida. Ela já foi chamada de Plaza de la Iglesia e, depois, Plaza Mayor, em razão dos grandes atos militares que ali aconteceram. Em 1610, quando o Tribunal da Santa Inquisição foi instalado, passou a ser chamada de Plaza de la Inquisición.  Em 11 de novembro de 1896 passou a ser chamada Plaza Bolívar após a instalação da estátua do libertador Simon Bolívar montado em seu cavalo.

Catedral Santa Catalina de Alejandría

Seguimos para a Catedral de Cartagena, a Basílica Menor Santa Catalina de Alejandría, que é visível de vários pontos da cidade. Ela foi a primeira igreja de Cartagena de Indias e sua construção data de 1575, sendo uma das mais antigas da América Latina.

Plaza de la Proclamación

Ao lado, estava a Plaza de la Proclamación batizada assim em razão de ter sido o local onde o povo se reuniu para apoiar a Ata de Independência no dia 11 de novembro de 1811.  Havia uma estátua do Papa João Paulo II na esquina da praça com a rua do Arcebispado, bem na lateral da Catedral.

Plaza de la Proclamación

Palacio de la Inquisición

Fomos conhecer o incrível Palacio de la Inquisición. É um museu que exibe os instrumentos e meios de tortura utilizados a partir de 1610 quando foi instaurada a inquisição em Cartagena. Era o prédio onde funcionava o Tribunal das Penas do Santo Ofício até 1811 quando os inquisidores foram expulsos. Eles ainda voltaram em 1815, mas em 1821 foram erradicados de vez.

Iglesia de Santo Domingo

Visitamos a Iglesia de Santo Domingo, do final do Século XVI, que foi a primeira igreja construída em Cartagena das Índias, e só tem uma torre porque nunca foi terminada. Seu altar barroco tem uma imagem de Cristo esculpida em madeira no Século XIX e uma imagem da Virgem que tem uma coroa com esmeraldas e ouro e boa parte do chão é recoberta por lápides antigas de famílias proeminentes da região.

Ah, só é possível visitá-la durante a missa! então vale a pena acompanhar o horário e chegar um pouquinho antes mesmo que não vá ficar para o culto.

Iglesia de Santo Domingo - Cartagena

Plaza de Santo Domingo

Em frente ao grande portal da igreja está uma das praças mais movimentadas da cidade, a Plaza de Santo Domingo, com inúmeros cafés e a famosa escultura chamada de Figura Reclinada nº 92, carinhosamente apelidada La Gorda Gertrudes, de Fernando Botero.

Las Bovedas

Localizada na praça de mesmo nome, Las Bovedas é um local militar histórico que já foi prisão e abrigou equipamentos militares, servindo de refúgio para as tropas e abrigo anti-bombas. Foi reformadas na década de 70 e hoje abriga lojas e artesãos.

Cruzeiro ao pôr do sol pela baía de Cartagena

No fim da tarde, voltamos para o Muelle de los Pegasos de onde saimos para apreciar o pôr do sol num cruzeiro de 2 horas pela baía de Cartagena com a Daytours4u, que você pode ver como foi, aqui.

Sunset Cruise - Cartagena

 

DIA 2 – Playa Blanca

Murallas de Cartagena

Acordamos cedinho e aproveitamos para dar uma caminhada pelas Murallas de Cartagena. As muralhas tem 11 Km de extensão que circundam os principais pontos turísticos da cidade e que foram construídas para a proteção contra os ataques piratas.

Playa Blanca

As praias continentais de Cartagena de Indias não tem faixa de areia, qualquer infraestrutura, nem a beleza comparada às do nosso litoral brasileiro.

Para apreciarmos uma praia com um cenário que se aproxima das belezas dos destinos famosos do Caribe como Cancún, Punta Cana ou St. Martin, com areia branca e água turquesa, a Backpackers Cartagena nos levou para conhecer Playa Blanca, que está a aproximadamente 1 hora de viagem da cidade murada.

Playa Blanca - Backpackers Cartagena

Playa Blanca é o principal destino das Islas Rosario, e fica na Isla Barú, a única do arquipélago na qual é possível se chegar de carro ou transporte público, motivo que a faz mais turística, com muitos restaurantes e pousadas.

É um passeio que divide opiniões e um dos mais procurados pelos turistas. Passamos o dia inteiro por lá, em uma verdadeira aventura, que você pode conferir como foram todos os detalhes, aqui.

Carmen

Fomos jantar no sofisticado e premiado Carmen, um restaurante de comida contemporânea que prestigia os sabores locais, com pratos modernos e bem elaborados.

Nossas escolhas foram: “NO ME LLAMES CAZUELA”, lagostins em manteiga cítrica, chouriço e camarão “morcilla”, mexilhões de La Bocana, sobre macarrão de mandioca, vindaloo caribeño e algas marinhas e o “CARIBE”, pesca do dia, com crosta de banana verde, risoto de arroz com coco, palmitos de Putumayo e molho de maracujá e mel fermentados.

Não resisti e pedi de sobremesa o “MAUI”, uma torta “financier” de macadâmia coberta com ganache 70% cacau, espuma de coco, sorvete de mel e lavanda e abacaxi caramelado no run.

 

DIA 3 – Islas del Rosario

Islas del Rosario

O passeio para as Islas del Rosario é o mais tradicional e procurado pelos turistas que buscam no arquipélago com 28 ilhas bem próximas umas das outras, a pouco mais de 1 hora da cidade murada de Cartagena de Indias, aqueles lugares paradisíacos com areia branca e água turquesa do Caribe.

Nós fizemos um passeio de um dia inteiro, que você pode conferir todos os detalhes, aqui.

Bacco Trattoria

Finalizamos o dia no Bacco Trattoria, um restaurante tipicamente italiano em Cartagena que preza pela tradição das receitas caseiras com massas frescas e ingredientes naturais, que você pode ver mais, aqui.

Nossas escolhas foram uma deliciosa pizza Quattro Formaggi, com uma massa fina e crocante e queijos num equilíbrio perfeito e um dos carros chefes da casa: um tortelloni de abóbora com queijo de cabra ao molho de manteiga de sálvia e amêndoas tostadas. Finalizamos com um flan de caramelo.

Nosso hotel

Problema com hotel Casa de los Reyes

Programamos nossa viagem com uma antecedência de 10 meses. Faltando pouco menos que 10 dias para o embarque, fui surpreendido com um e-mail  informando que meu cartão de crédito havia sido recusado na cobrança antecipada do hotel Casa de los Reyes. Achei estranho, pois não houve problema com nenhum dos outros dois hotéis, reservados em Medellin e Bogotá. Informei o número de um outro cartão e, algumas horas mais tarde, recebi um novo e-mail informando que minha reserva havia sido cancelada por uso de cartão inválido. Verifiquei no Booking e o hotel já não era mais credenciado há alguns meses.

Não preciso nem falar que fiquei desesperado, né? A única coisa que veio na minha cabeça foi como conseguir já no dia 28 de dezembro um hotel em Cartagena para o dia 6 de janeiro, sem pagar uma fortuna, em plena alta temporada? Um hotel que cancela a reserva de um cliente, deveria reembolsar em dobro o valor acertado!

Hotel Torre del Reloj

Corri para o Booking, e comecei a procurar um hotel, num misto de raiva e preocupação. Um dos primeiros retornos já foi o meu escolhido: Hotel Torre del Reloj   com melhor localização e, pasmem, mais barato que o hotel que me deixou na mão!

Hotel Torre del Reloj

 

Faltou alguma coisa em nosso roteiro? Deixe um comentário, ou nos envie um e-mail, contando como foi sua experiência de Ser Turista em Cartagena de Indias.

 

*As empresas Backpackers Cartagena, Daytours4u e o restaurante Bacco Trattoria foram nossos parceiros em Cartagena de Índias e todas as informações do post refletem nossas sinceras e reais experiências e impressões.

 

Vai para Cartagena de Índias? 
Reserve sua hospedagem clicando nesse link do Booking.com
Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o Ser Turista no ar!

17 Comentários

  1. Amei o roteiro!
    As fotos ficaram incríveis, cada clique um suspiro!!

    Que sacanagem essa do hotel hem!! Ainda bem que deu tudo certo no final!!!

    <3

    • Lúcio Costa Júnior Responder

      Morri de amores por Cartagena. É uma cidade linda e cheia de coisas para ver e fazer! No fim, nem fui atrás do hotel para saber o que aconteceu com o cancelamento. Deu tudo certo no final! Há males que vem para bem!
      Super beijo!

  2. Que lugar encantador!!!
    Tenho mt vontade de conhecer e seu post é muito valioso para programar o roteiro!

    • Lúcio Costa Júnior Responder

      Certeza de que você vai amar conhecer Cartagena, Camila. Fico muito feliz que tenha gostado do roteiro.
      Super beijo!

  3. Essas casinhas coloniais, coloridas e bem preservadas me encantam! Ia adorar me perder por ruas como essas… E essa versão colombiana das nossas baianas, hein? rs Adorei!

    • Lúcio Costa Júnior Responder

      A mim também, Maiara, encantam essas casinhas. Fiquei apaixonado pela cidade. As “colombaianas” são lindas, né? Tão coloridas quanto Cartagena!
      Super beijo!

  4. Amei o roteiro de vocês! Os passeios que vocês relataram foram ótimos! Super anotadas essas dicas!

    Essa do hotel foi complicado, mas ainda bem que conseguiram um outro hotel bem melhor em todos os sentidos!

    • Lúcio Costa Júnior Responder

      Fico muito feliz que tenha amado, Rafaela. Foi uma viagem maravilhosa! Poisé, que perrengue esse do hotel, né? Isso não se faz. O coração do viajante não aguenta. Mas tudo deu mais certo que o esperado no final. Amei Cartagena!
      Super beijo!

  5. Seu roteiro ficou muito bom, parece que deu para aproveitar bem os dias. Adorei os Muelle de los Pegasos, na entrada da cidade!

    • Lúcio Costa Júnior Responder

      Fico muito feliz em saber que gostou do roteiro, Jéssica. Eu aproveitei demais Cartagena. Fiquei encantado com a cidade. O Muelle de los Pegasos é lindo mesmo.
      Super beijo!

  6. Amei o texto e o roteiro! Nosso que susto esse com o hotel heim, que ótimo que no final de tudo certo!

    • Lúcio Costa Júnior Responder

      Cartagena é uma cidade incrível, Michele. Foi um susto e tanto esse cancelamento do hotel. Isso não devia acontecer. No fim, deu tudo certo e foi uma viagem maravilhosa!
      Super beijo!

  7. Estou amando acompanhar sua viagem pra colombia aqui no blog! Que post completinho e cheio de informações ricas! Cada pouco que leio fico com mais vontade de visitar! Obrigada por conpartilhar

    • Lúcio Costa Júnior Responder

      Eu fiquei completamente apaixonado pela Colômbia, Nati. Tenho certeza de que você também irá amar conhecer. Recomendo demais a viagem.
      Super beijo!

    • Lúcio Costa Júnior Responder

      Eu amei a Colômbia, Débora, e também já preciso voltar. Tenho certeza de que irá amar conhecer Cartagena.
      Super beijo!

  8. Cartagena parece ser muito legal….me arrependo de não ter ido nela em 2015 quando fui pra San Andres

Deixe um Comentário