O Lago di Como tem uma das vistas mais bonitas da região da Lombardia: um lago azul cristalino rodeado por montanhas e florestas, com dezenas vilas históricas, igrejas centenárias, castelos medievais e casas coloridas. Imperdível.

No nosso roteiro, visitaremos a cidade de Como e de Brunate, no alto da montanha.

O trem para Como parte da estação Cadorno, no centro de Milão, a cada 30 minutos, em uma viagem que dura, aproximadamente, 50 minutos, até a estação Como Nord Lago. Os bilhetes podem ser comprados na hora mesmo.

Brunate

Já em Como, sair da estação e caminhar para a direita até a estação do Funicular de Brunate. Compramos o bilhete de ida e volta na própria estação. A dica é sentar do lado direito para ter a vista da subida.

Brunate é uma cidadezinha que fica a uma altitude de 716m. Seguir pela Via Roma até o Farol Voltiano com a vista 360º do Lago Como e dos Alpes Suíços. Você pode pegar um ônibus ou fazer uma caminhada de aproximadamente 30 minutos até o farol. Minha sugestão é ir a pé curtindo a natureza e parando para apreciar a paisagem!

Como

Começar na Piazza Duomo e visitar a Catedral da cidade. O Duomo está aberto entre 8-12h e 15:30-19h. Visite a catedral e veja o carrocel na praça.

Seguir para o Templo Voltiano, de 1927, construído em homenagem a Alessandro Volta, inventor da pilha elétrica.

Templo Voltiano

Numa caminhada agradável à beira do Lago, vá até a Villa Olmo, um palacete do Século XVIII, que já hospedou Napoleão Bonaparte e Giusseppe Garibaldi.

Finalizar o dia em um passeio de barco pelo Lago Como e, se possível, visitar alguma das demais cidades e vilas a sua margem: Ilha Comacina, Bellagio, Laglio, Tremezzo e Varena. Infelizmente não pude fazer esse passeio. Fiquei apenas com a vontade e a certeza que volto a ser turista pelo Lago di Como!

Você já foi até o Lago di Como? Compartilhe conosco suas dicas e complemente o nosso roteiro.

 

Deixe um Comentário