Venha descobrir nesse roteiro de 1 dia porque Verona é muito mais do que apenas o cenário do trágico romance de Romeu e Julieta.

A primeira dica para quem vai visitar a cidade é comprar o Verona Card, o passe turístico de 24h, que inclui o transporte público e as principais atrações: a Arena, as Basílicas de Santa Anastácia e San Zeno, a Casa de Julieta, a Igreja de San Fermo, o Duomo, a Galeria de Arte Moderna, os Museus de Castalvecchio e o Teatro Romano. Comprei o meu na Tabacaria da estação de trem.

Arena de Verona

 

Para quem chega em Verona de trem, para começar o passeio, basta pegar ônibus (linhas 11, 12 ou 13), tarifa inclusa no Verona Card, bem de frente para a estação em direção ao centro histórico. Em aproximadamente 10min chegamos na Piazza Brà e já ficamos maravilhados com a Arena.

A Arena de Verona foi construída no ano 30 a.C. e é a 3º maior arena do mundo. Seu estado de conservação é muito melhor que a do Coliseu em Roma.

 

 

Continuar o passeio em direção a Piazza delle Erbe, com seu Leão Alado de São Marco, no alto de uma coluna, pelo fim do domínio de Veneza sobre Verona.

 

Ali ao lado, está a grande atração que os turistas buscam em Verona: a Casa da Julieta com sua varanda (que foi construída em razão do romance de Shakespeare). A lojinha de Julieta é um charme. Não deixe de mandar uma carta para Julieta, agradecendo um amor, pedindo conselhos… Ah, a foto segurando o seio direito da estátua da Julieta é quase obrigatória para quem quer sorte no amor!

O próximo monumento a ser visitado é a Torre dei Lamberti, do Século XII, com 84m. Do alto da torre, temos uma vista panorâmica de Verona. Uma dica, você pode pagar 1 euro para subir pelo elevador ou aproveitar para malhar pernas e glúteos subindo os 243 degraus.

Seguir agora para o Túmulo dos Scaligeri, família que reinou por 124 anos em Verona, em estilo gótico, cercado por grades de ferro. Ao lado, está a Igreja Santa Maria Antica, a favorita da família Scaligeri.

Túmulo dos Scaligeri

 

Ir para Duomo de Verona, a Santa Maria Matricolare, construída em 1139 em estilo romântico. A sua fachada é bem simples com um portal decorado. Não deixe de ver o afresco da “Assunção da Virgem” de Tiziano, no seu interior.

Detalhe da fachada do Duomo di Verona

A próxima parada será no Castelvecchio, construído em 1375. É um dos melhores museus da região. A entrada do castelo é por um portal em arco. Observar o lindo relógio na torre do castelo.

Permita-se reservar um tempo para apreciar a Ponte Scaligero que atravessa o Rio Adige. É uma das pontes mais bonitas que conheci. Atravesse a ponte e a observe agora com o Castelvecchio ao fundo.

Ponte Scaligero

Finalizar o dia, apreciando o pôr-do-sol no Giardino Giusti, um jardim do Século XVI, que mantém até hoje a mesma estrutura desde 1570. Ver o sol se pondo, do alto do terraço panorâmico do jardim, por trás de Verona será inesquecível.

Vista do pôr-do-sol em Verona no Giardino Giusti

Aqui terminamos esse belíssimo passeio por Verona. Você tem alguma dica para acrescentar? Deixe um comentário para dividirmos juntos as nossas experiências de Ser Turista!

Deixe um Comentário