A Backpackers Cartagena nos levou para conhecer Playa Blanca, um polêmico paraíso caribenho a uma hora de distância de Cartagena.

Backpackers Cartagena

A empresa Backpackers Cartagena, que você pode conferir aqui, oferece passeios e atividades turísticas em Cartagena de Indias, e que tem ótimas avaliações dos serviços prestados no Tripadvisor, nos levou para conhecer Playa Blanca, um paraíso com muitas opiniões divergentes, em um passeio de um dia inteiro.

Playa Blanca - Cartagena

As praias de Cartagena

As praias continentais de Cartagena de Indias não tem faixa de areia, qualquer infraestrutura, nem a beleza comparada às do nosso litoral brasileiro.

Para apreciarmos uma praia com um cenário que se aproxima das belezas dos destinos famosos do Caribe como Cancún, Punta Cana ou St. Martin, com areia branca e água turquesa, a Backpackers Cartagena nos levou para conhecer Playa Blanca, que está a aproximadamente 1 hora de viagem da cidade murada.

O passeio

Pontualmente às 9:15 o guia da excursão nos encontrou no lobby do hotel e pegamos a van, que fez mais algumas paradas para buscar outros passageiros, enquanto ia nos contando curiosidades da cidade.

A viagem tranquila durou cerca de uma hora e passou por uma zona industrial e alguns vilarejos até chegarmos a uma estrada de terra que levava ao estacionamento de Playa Blanca.

Era feriado, e os locais também se somaram à multidão de turistas que foram se refrescar no calor de 34 graus, já demonstrando o quão cheia a praia estaria.

Playa Blanca

Playa Blanca é o principal destino das Islas Rosario, e fica na Isla Barú, a única do arquipélago na qual é possível se chegar de carro ou transporte público, motivo que a faz mais turística, com muitos restaurantes e pousadas.

Logo no desembarque, vários ambulantes que vendem de tudo, comida, roupas de banho e toalhas, boias e até produtos de higiene, já começaram a nos assediar.

Observamos ao lado da pequena trilha que nos conduz à praia uma enorme quantidade de lixo acumulada entre a vegetação e o fundo dos restaurantes/pousadas.

Seguimos pela faixa de areia e fomos até o quiosque que ficaríamos. Estavam incluídos no passeio cadeiras de praia, espreguiçadeiras, lockers, banheiros e um almoço. Ouvi comentários que o aluguel desses itens nos demais quiosques tem um preço salgado como o mar.

Pegamos as nossas espreguiçadeiras à sombra de algumas árvores, guardamos nossos pertences no armário disponibilizado e pedimos um drink enquanto aguardávamos o almoço.

Durante todo o tempo, vendedores abordavam as pessoas oferecendo colares, bebidas, passeios de jet-ski ou banana boat. Houve até quem nos ofereceu cocaína!

Da mesma forma, o assédio das massagistas é incessante e invasivo. Elas já chegam oferecendo massagem, pegando nos pés, mãos ou costas, querendo passar um liquido que carregam nuns baldinhos, dizendo ser uma demonstração gratuita. Fujam disso!

O guia nos alertou previamente que elas oferecem uma demonstração gratuita e depois cobram por isso. E um valor abusivo!

O almoço por nós escolhido, incluído no passeio, foi um frango grelhado acompanhado de arroz de coco com salada (as outras opções eram peixe ou vegetariano). Era bem simples, acompanhado de suco ou água.  No local também vendia pizzas, frutas e bebidas a preços regulares. Sugiro também que se leve um lanche!

Fomos aproveitar o restante da tarde na água de temperatura muito agradável. Ficamos boa parte à sombra de um catamarã atracado na orla, curtindo ali o vai e vem do mar, observando as pessoas e nos refrescando do calor que fazia.

Ouvi dizer que nas praias da região tem muitos ouriços e que é bom usar uma sapatilha de mergulho, que pode inclusive ser encontrada nos ambulantes do início da praia. Tivemos a sorte de não cruzar com nenhum!

Às 16:00h nos dirigimos para a van para retornar à Cartagena. Logo que chegamos nos ambulantes, vimos o caos que seria para sair do estacionamento. Sem ordenação nenhuma os carros disputavam com os ônibus de turismo uma chance de sair do estacionamento.

Os guardas de trânsito presentes no local não se importavam em tentar organizar a via e, para complicar a situação, milhares de motoqueiros disputavam o transporte das pessoas até a pista de forma perigosa que mais parecia um rally.

Levamos aproximadamente 1 hora para percorrer 1km que separava o estacionamento da pista.

Opinião sobre o passeio

Pesquisando sobre Playa Blanca, as opiniões nos relatos eram muito divergentes: amor ou ódio!

Valeu a pena? Sim! Principalmente para quem não vai estender a viagem até San Andrès e precisa ver uma praia tipicamente caribenha. É uma praia bonita com seu mar esverdeado e areia fina que enchem os olhos!

Mas é também uma praia cheia (muito cheia nos feriados e alta temporada), com assédio de vendedores e massagistas na areia incessantemente, que já recebiam enfáticos e sonoros “nãos” na menor menção de se aproximarem da gente!

Não tem delimitação de área para banhistas, onde lanchas e jet-skis disputam o espaço muito de perto e, também não vi nenhum salva-vidas em toda a extensão de areia que percorremos. Cuidado redobrado especialmente com as crianças!

Playa Blanca - Backpackers Cartagena

Todos os jovens estrangeiros que estavam no grupo (5 londrinos, 1 novaiorquino e 1 alemão) ficaram encantados com a beleza e com o caos, aprovando demais Playa Blanca.

Um grupo de 5 brasileiros também se divertiram muito. Beberam bastante e estavam vermelhos do sol. Outras duas brasileiras, de Recife e São Paulo, não ficaram muito satisfeitas.

É o passeio mais tradicional e procurado da região. Ficamos satisfeitos com os serviços prestados pela agência e encantados com as belezas naturais. Aproveitamos bastante o dia e já sabíamos o que nos aguardava por lá.

Acho que todo mundo deve passar pela experiência, conhecer Playa Blanca e tirar suas próprias conclusões. Só escolher a empesa certa, ter um pouquinho de paciência e aproveitar bastante as belezas do lugar!

Playa Blanca - Backpackers Cartagena

 

*A agência de turismo Backpackers Cartagena foi nossa parceira em Cartagena de Índias e todas as informações do post refletem nossas sinceras e reais experiências e impressões.

 

Vai para Cartagena de Índias? 
Reserve sua hospedagem clicando nesse link do Booking.com
Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o Ser Turista no ar!

16 Comentários

  1. Nossa, quanta coisa chata, hein?! rs
    Eu acho que não ia gostar de toda essa abordagem numa praia, sendo que eu queria relaxar.
    Mas gostei muito do seu relato VERDADEIRO e por ter nos mostrado a beleza do lugar =)

    • Lúcio Costa Júnior Responder

      Depois que a gente pega o jeito de fazer uma cara de “não se aproximem de mim”, Maiara, tudo fica melhor! O lugar é lindo e recomendo conhecer durante a semana!
      Super beijo!

  2. Lucio, gostei muito do seu relato, especialmente ao alertar para a parte não tão boa. Eu por exemplo detesto locais muito cheios e fico profundamente incomodada com gente estranha que vem colocando a mão em mim, acho absurdamente rude e invasivo. Seu post é importante porque alerta ao turista que quer conhecer: ele pode decidir não ir ou já chega mais preparado e sabendo o que encontrará. Fico feliz em encontrar blogs que falam a verdade, como o seu. 🙂

    • Lúcio Costa Júnior Responder

      Fico muito feliz, Vanessa, com seu comentário. Esse lado B do passeio me incomodou um pouco. Ainda bem que demos a sorte de termos ido com a Backpackers Cartagena que fez o máximo para minimizar esses inconvenientes, nos alertando e disponibilizando todas as comodidades para passarmos o dia na praia da melhor maneira possível. Acho que não seria justo não mostrar aqui todos os problemas do lugar, focando apenas nas belezas naturais.
      Super beijo!

  3. Que loucura esse transito né! gostei de como relatou seu post, além das coisas boas, com sinceridade!
    mas parece um lugar bem bacana apesar de tudo…

    • Lúcio Costa Júnior Responder

      Ir embora da praia foi uma tortura, Débora. Quando a gente vai emobra dos lugares, a gente só quer chegar em casa! Apesar dos contratempos, foi um passeio que valeu a pena! Adorei ver as belezas de uma praia caribenha em Cartagena.
      Super beijo!

  4. Parece lindo, mas acho tao ruim lugares em que somos assediados para consumir coisas, comprar… e nao conseguimos sequer relaxar! Uma pena essa parte!

    • Lúcio Costa Júnior Responder

      Eu também achei bastante desagradável essa parte do assédio, Camila. Realmente, o lugar é lindo. Talvez em um dia comum durante a semana na baixa temporada a experiência tivesse sido bem diferente!
      Super beijo!

  5. Lúcio, gostei muito do seu relato sincero! O lugar parece mto bonito, mas tbm não sei se gostaria dessa muvuca toda … obrigada por relatar

    • Lúcio Costa Júnior Responder

      O lugar realmente é lindo, Aline. Acredito que em um dia de semana seja mais tranquilo em relação ao volume de pessoas.
      Super beijo!

  6. Oi Lúcio
    Parabéns pelo post super sincero!
    Também já tinha ouvido falar desta abordagem dos vendedores através de umas amigas que foram, deve irritar bastante e a questão do trânsito! Mas nao deixaria de ir, só seguiria sua dica e iria em dia de semana!
    Não dá para ir embora da Colômbia sem ver o mar do Caribe de verdade né!
    Abraços

    • Lúcio Costa Júnior Responder

      Realmente, Paula, não dá para ir embora da Colômbia sem experimentar um autêntico mar caribenho. Tivemos a oportunidade de conhecer com uma empresa séria e profissional e isso fez muita diferença.
      Super beijo!

  7. Adoro praia movimentada e passeios com guias e bem organizados! Parece que foi ótimo esse! É surpreendente essa ideia dos massagistas e ainda cobrarem depois de falar que e demonstração..bom que já ficaremos espertos com isso!

    • Lúcio Costa Júnior Responder

      Foi um dia bem movimentado, Jéssica. Cheio de emoções! Valeu muito a pena conhecer esse pequeno paraíso tumultuado!
      Super beijo!

  8. Eu adorei o Post Lúcio, mas essa gente chanta! Senhorr, tem que ter muita paciência, mas ótimo para já ficar esperta!

    • Lúcio Costa Júnior Responder

      A gente só querendo curtir a praia, Michele. Mas logo a gente pega o jeito de recusar antes das pessoas se aproximarem!
      Super beijo!

Deixe um Comentário